causas, sintomas, cuidados e tratamentos


Segundo pediatras, a doença mão-pé-boca é extremamente transmissível e, como o próprio nome já diz, ela causa lesões nas mãos, pés e boca.

Essa é uma doença infantil e sua maior particularidade é a de acometer, geralmente, crianças menores de 5 anos.

Adultos também podem contrair a síndrome mão-pé-boca, apesar de ser mais comumente identificada em crianças pequenas e os casos em adultos serem bem mais incomuns.

Entretanto, não há motivo para alarde, pois existe tratamento para essa doença e os sintomas costumam desaparecer cerca de 10 dias após seu diagnóstico.

Causas e transmissão da doença mão-pé-boca

A doença mão-pé-boca é uma enfermidade infantil causada pelo vírus Coxsackie e é altamente contagiosa.

Normalmente, causa lesões na mão, no pé ou na boca e é transmitida de pessoa para pessoa. Entretanto, sua ocorrência é predominante em crianças. 

Esse vírus é encontrado no sistema digestivo e costuma causar estomatites, além de incômodas aftas na boca.

A transmissão se dá através de objetos que tenham sido contaminados e também por alimentos.

A doença infantil mão-pé-boca é também transmitida através da saliva, fezes e outras secreções.

O período de incubação, ou seja, o período entre a contaminação e o aparecimento dos sintomas, dura aproximadamente sete dias. Entretanto, há casos em que a doença desaparece naturalmente. Porém, mesmo assim, você deve tomar alguns cuidados.

Dessa forma, quando o médico diagnostica a doença mão-pé-boca na criança, todos os seus objetos têm que ser separados. Por exemplo, copos, pratos, talheres e roupas precisam ser cuidadosamente manuseados para evitar a transmissão para outras pessoas.

Portanto, é bom lembrar também que mesmo após a criança estar recuperada, a enfermidade permanece por cerca de quatro semanas no organismo, podendo ainda ser transmitida, mesmo que já não existam mais sinais de contaminação.

Durante esse período ela acontece especialmente através das fezes.

Outro detalhe importante é que é possível ter a síndrome mão-pé-boca mais de uma vez. Por isso, os cuidados devem ser frequentes.

Principais sintomas da doença mão-pé-boca

Os sintomas da doença mão-pé-boca nem sempre aparecem juntos e também variam de uma criança para outra.

Os principais podem variar de lesões na pele, na mão, no pé e na boca a febre alta ou mal-estar.

E lembre-se que apenas o médico ou o dentista pode fazer o diagnóstico exato para a doença mão-pé-boca e prescrever o tratamento adequado, então, ao surgirem estes sintomas procure imediatamente ajuda especializada.

Confira mais alguns sintomas da doença mão-pé-boca:

Doença mão-pé-boca: causas, sintomas, cuidados e tratamentos

Doença mão-pé-boca: causas, sintomas, cuidados e tratamentos

Doença mão-pé-boca: causas, sintomas, cuidados e tratamentos

Doença mão-pé-boca: causas, sintomas, cuidados e tratamentos

  • Febre alta alguns dias antes do primeiro sinal da doença e durante a existência da doença;
  • Aparecimento de manchas vermelhas nos locais atingidos;
  • Surgimento de bolhas nas mãos e nos pés;
  • Feridas e aftas na boca;
  • Possibilidade de aparecimento de bolhas na região genital e nas nádegas;
  • Vômitos e diarreia;
  • Mal-estar;
  • Falta de apetite;
  • Dificuldade para comer devido aos ferimentos na boca;
  • Salivação excessiva;
  • Dores ao engolir.

Cuidados necessários

Doença mão-pé-boca: causas, sintomas, cuidados e tratamentos

Como nem todos os sintomas costumam aparecer juntos, o médico fará o diagnóstico e indicará o melhor tratamento para a área atingida.

Em alguns casos podem surgir lesões nas mãos, pés e boca, entretanto, em outras pessoas podem aparecer apenas dores de garganta e febre.

No nosso dia a dia diante da COVID-19 já estamos tomando alguns cuidados preventivos que você também precisa tomar em relação à doença mão-pé-boca. Então, não há muita novidade nesse aspecto.

Usar máscara, higienizar as mãos e manter o distanciamento social são essenciais para evitar a contaminação de outras pessoas.

Confira alguns cuidados que devemos tomar para prevenir a doença, amenizar e aliviar os sintomas durante o tratamento.

Doença mão-pé-boca: causas, sintomas, cuidados e tratamentos

  • Fazer uma dieta pastosa ou líquida;
  • Ingerir bastante líquido, especialmente gelados;
  • Fazer a higienização das mãos com frequência, especialmente após ir ao banheiro;
  • Manter o distanciamento social evitando abraços, beijos e toques;
  • Em caso de criança contaminada, evitar de ir às aulas;
  • Em caso de adulto contaminado, afastar-se do trabalho;
  • Cobrir a boca e o nariz ao tossir e espirrar;
  • Não compartilhar objetos;
  • Descartar corretamente objetos utilizados pela pessoa contaminada, como por exemplo, fraldas, lixo do banheiro, materiais descartáveis, entre outros;
  • Manter a casa sempre bem higienizada;
  • Sempre lavar os objetos com água sanitária.

Tratamentos para a síndrome mão-pé-bocaEm primeiro lugar, algumas manifestações da síndrome mão-pé-boca podem ser curadas naturalmente e não precisam de tratamento algum.

Entretanto, em manifestações mais graves, quando for necessário fazer um tratamento medicamentoso para a doença mão-pé-boca, ele deve ser feito sob orientação médica e, normalmente, se dá com medicamentos para diminuir a febre, remédios para dor, anti-inflamatórios, pomadas para aliviar as coceiras e também para o tratamento de aftas. 

O médico, normalmente prescreve esse tipo de medicação para diminuir os sintomas da doença, que em sua maioria são bem incômodos.

Esta é uma síndrome facilmente confundida com outras doenças infantis e por isso é tão importante consultar um médico.

Já que a doença apresenta lesões na pele como principais sintomas, ela pode ser confundida com enfermidades como herpangina e escarlatina. 

Assim, o mais seguro é que, aos primeiros sintomas você busque ajuda médica e em poucos dias tudo estará bem.

Gostou? Você também pode se interessar por outras doenças infantis, então confira Os sintomas de anemia infantil e seus tratamentos

Artigos Recomendados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *