Jornal revela a gota d’água para pedido de divórcio de Kim Kardashian: ‘Pelo bem dos filhos’


Parece que os nomes de Kim Kardashian e Kanye West não sairão tão cedo da boca do povo… Na noite dessa quarta-feira (6), o site do Page Six – mesmo responsável por anunciar o suposto divórcio entre a empresária e o rapper – ouviu uma fonte próxima do casal, que apontou a candidatura do músico à presidência dos Estados Unidos, como sendo a gota d’água para a mãe de North, Saint, Chicago e Psalm.

“Foi ali que ela compreendeu que precisava acabar com o casamento, pelo bem dos filhos e de sua própria sanidade”, afirmou o contato da publicação do jornal The New York Post. Para quem não se lembra, a campanha eleitoral de Kanye ficou marcada por discursos “passionais” e declarações bastante polêmicas.

Continua depois da Publicidade

Em seu primeiro comício, realizado na Carolina do Sul, West foi aos prantos ao afirmar que a esposa havia cogitado o aborto durante sua primeira gravidez. Ele também fez comentários controversos sobre a abolicionista e ativista Harriet Tubman, grande ícone da luta contra a escravidão nos EUA, alegando que ela “nunca realmente libertou os escravos”. Depois disso, em um surto no Twitter, Kanye comparou a sogra Kris Jenner ao ditador norte-coreano Kim Jong-Un, acusando-a de ser uma “supremacista branca”.

A publicação ressaltou o fato de Kim nunca ter se manifestado publicamente sobre a corrida do marido à presidência. Ela, inclusive, demonstrou por vezes apoio a Joe Biden e Kamala Harris. “A Kim nunca endossou essa candidatura. E esse silêncio dela diz muita coisa”, argumentou o insider. “Ela sempre esteve presente e apoiou Kanye durante a luta contra seus problemas de saúde mental, mas ela sabe que precisa tomar a decisão correta pelos filhos”, completou.

Ainda de acordo com a publicação, Kim teria contratado Laura Wasser, advogada que já cuidou do divórcio de celebridades como Britney Spears, Angelina Jolie e Johnny Depp. A profissional estaria ajudando a empresária a negociar um acordo confidencial, antes de oficializar o pedido de divórcio. Kardashian e West têm um acordo pré-nupcial, mas ainda não chegaram à fase de acerto das finanças ou da custódia dos quatro filhos.

“Não está acontecendo uma guerra. Eles têm lidado e enfrentado muitas coisas nesses últimos meses. Não se trata de uma coisa só. As coisas foram se acumulando com o passar do tempo e isso criou uma distância entre eles”, encerrou o informante.

Entenda o caso

De acordo com fontes ouvidas pelo Page Six na última terça (5), Kim Kardashian teria pedido o divórcio de Kanye West. Os dois se casaram em 2014 e são pais de North, Chicago, Psalm e Saint West. À publicação, um insider informou que a empresária já contratou uma das advogadas mais conceituadas quando o assunto é separação de celebridades.

“Eles estão mantendo tudo discreto, mas estão prontos. Kim contratou Laura Wasser e eles estão em negociações”, relatou. A mídia norte-americana já estava especulando a possibilidade do fim do casamento nas últimas semanas, principalmente depois que Kardashian apareceu em fotos, sem a aliança de casamento.

Kanye West, por sua vez, passou as festas de final de ano em sua fazenda no Wyoming. “Kim fez Kanye ir para lá para que eles pudessem viver vidas separadas e discretamente resolver as coisas para se divorciarem. Ela está pronta”, afirmou a fonte.

Kim Kardashian já teria contratado advogada para divórcio de Kanye West. Foto: Reprodução/Instagram

O informante ressaltou que a empresária se comprometeu a ajudar o marido durante o período delicado que ele viveu por conta da sua saúde mental, mas que agora ela tem outros planos pessoais. “Esse divórcio está acontecendo porque Kim cresceu muito. Ela está falando sério sobre fazer o exame da ordem e se tornar uma advogada, ela está falando sério sobre sua campanha pela reforma da prisão. Enquanto isso, Kanye está falando sobre concorrer à presidência e dizer outras coisas malucas, e ela está farta disso”, entregou.

Continua depois da Publicidade

Uma segunda fonte ouvida pelo Page Six, essa próxima de Kanye West, contou que a decisão foi aprovada pelo rapper. Ele estaria “irritado” com o estilo de vida exagerado da família de Kim. “Está completamente farto da família inteira… Ele não quer ter nada a ver com eles”, disse. O artista teria dito para a pessoa que o reality show “Keeping Up With The Kardashians” é “insuportável”.

Desde o ano passado, Kim Kardashian e Kanye West protagonizavam notícias de um possível divórcio. Em julho, o rapper vivenciou um momento de crise mental, e compartilhou diversos tuítes polêmicos e controversos. Em um deles, o artista alegou que estava tentando se divorciar. “Elas [Kim e Kris Jenner] tentaram voar com dois médicos para me internar. Eu estou tentando me divorciar desde que a Kim se encontrou com Meek no [hotel] Waldolf para ‘reforma carcerária’”, publicou, referindo-se à uma suposta traição da esposa com o rapper Meek Mill.

Kanye West fez diversos tuítes confusos e depois apagou. (Foto: Reprodução/Twitter)

Em setembro, o New York Post relatou que Kim Kardashian estava considerando seriamente o fim do seu casamento. “Kim tem o divórcio todo planejado. Ela está esperando que ele supere seu último episódio [de crise]”, contou uma fonte anônima.

A última crise de bipolaridade de West foi determinante para as coisas saírem dos trilhos de vez. “Kim não está recebendo o que precisa de Kanye. Ela chegou ao ponto de viajar até Cody, basicamente para dizer que o casamento deles chegou ao fim e para se despedir. Parece que ele não entende o que ela diz. Ele não fez nenhuma mudança que Kim pediu para ele fazer”, divulgou a People. A revista acrescentou ainda que a empresária estava “muito dividida”, que não gostaria de ser divorciada com quatro filhos.

Kanye West e a esposa, Kim Kardashian, já viveram dias melhores no relacionamento… (Foto: Rich Fury/Forum Photos via Getty Images)

Os fãs do casal criaram muitas expectativas no mês de agosto. Kim e Kanye viajaram juntos para a República Tcheca junto com os filhos. “Eles decidiram viajar juntos para resolverem suas questões de forma privada”, contou um insider na época. A imprensa continuou reforçando o quanto a filha de Kris Jenner estaria “cansada” com os surtos psicológicos do marido: “Com as crianças, o trabalho e os episódios bipolares de Kanye (que lida com o transtorno desde 2016), tem sido difícil para ela pensar com clareza”.

Artigos Recomendados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *