Karol Lannes, a Ágata de “Avenida Brasil”, faz desabafo sobre saída da Rede Globo: “Teria que emagrecer absurdamente” — assista


A atriz Ana Karolina Lannes, que ficou conhecida por seu papel como Ágata, de “Avenida Brasil” (2012), usou seu perfil no TikTok na última sexta-feira (15) para explicar os motivos de não ter renovado seu contrato com a Rede Globo. Segundo o relato da atriz, ela teria sido aconselhada por um diretor da emissora a “emagrecer absurdamente”, caso quisesse seguir com a carreira artística.

“Tive um contrato bem grande com a Rede Globo. Fiz quatro novelas, filmes, participações… Quando esse contrato acabou, ele não foi renovado. Um diretor chegou para o meu pai e falou que eu teria que emagrecer absurdamente se eu quisesse fazer outro papel depois da Ágata de ‘Avenida Brasil’. O que aconteceu foi que eu não emagreci absurdamente”, lembrou Karol.

(Foto: Reprodução/Rede Globo)

Após o término do folhetim, a jovem recebeu apenas uma proposta de teste para voltar a atuar em projetos do canal, mas o perfil da nova personagem não a agradou muito. “O único teste que me foi oferecido depois de ‘Avenida Brasil’ foi em ‘Malhação’, para fazer uma personagem gorda que sofria bullying. Eu decidi que não é isso o que eu quero para minha carreira. Eu tenho um sonho de voltar a atuar, mas eu acho que falta uma representatividade aí”, desabafou.

“Mulheres gordas e atrizes gordas não têm que fazer papéis alegóricos de gordas que sofrem bullying, de rejeitadas, de ‘antes e depois’. E que, sim, você pode ser uma pessoa, uma mulher gorda e fazer uma vilã, uma protagonista ou uma mocinha, independentemente do seu corpo. Acho que corpo não define talento”, completou ela que, nas redes, traz reflexões sobre empoderamento feminino e autoaceitação.

@karollannes

Responder a @ingridyviaana Tem uns conteúdos legais no meu insta ✨🤍🤍 #atriz #redeglobo

♬ som original – Karol Lannes

O vídeo, rapidamente, viralizou, e muitos internautas ficaram curiosos sobre como funcionavam os processos por trás das câmeras. Isso porque, na trama da novela, Karol interpretava uma criança que sofria maus-tratos da própria mãe, a vilã Carminha (Adriana Esteves), por estar acima do peso. A atriz reiterou que recebeu acompanhamento psicológico de profissionais da Globo, mas deixou claro que a ajuda maior veio de seus colegas de elenco.

“Eu tive um acompanhamento psicológico leve dos coaches da Rede Globo, porque eu fazia uma personagem que sofria muito bullying da própria mãe. Mas pasmem, quem mais me ofereceu suporte emocional durante ‘Avenida Brasil’ foi a Adriana Esteves e os próprios atores. Mas principalmente a Drica”, afirmou, lembrando das atitudes tomadas pela artista, mediante as gravações.

“Antes de cada cena nossa, ela parava, me olhava, me abraçava, segurava minha mão e falava: ‘Você é linda, bonita, inteligente, eu gosto muito de você’. Aí a gente ia lá, contracenava como Ágata e Carminha, quebrava o pau, respirava, acabava a cena e ela voltava a falar pra mim: ‘Saiba que você é linda e que gosto muito de você’. Enfim, sempre soube separar muito bem a personagem da vida real, então a Ágata não me deixou traumas. Sofri bullying na escola por causa dela, mas acho que ajudou a fortificar muito minha autoestima hoje em dia”, avaliou.

Atualmente, Karol Lannes dá aulas de inglês em Campo Grande (MS), onde cursa também faculdade de artes cênicas.

Artigos Recomendados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *