Tipos de olheiras – Veja qual o seu tipo e como cuidar


Uma coisa que incomoda muito as mulheres são as famosas olheiras. Ainda, como se não bastasse, elas podem ter diferentes cores e sintomas, como más noites de sono, estresse e bebida em excesso. Por isso, para otimizar o tratamento e evitar que elas apareçam com constância, o ideal é conhecer os tipos de olheiras.

Aqui, você vai identificar o que são olheiras, quais seus tipos e também as melhores formas de tratá-las. Contudo, não se esqueça de quem o médico dermatologista é a pessoa mais habilitada para cuidar desse probleminha chato que são essas zonas escuras embaixo dos olhos.

O que são olheiras?

Os especialistas chamam as olheiras de hiperpigmentação periorbital. Sendo assim, elas se formam na região abaixo dos olhos, que é um área fina e sensível da pele do nosso rosto, quando há uma concentração acima do normal de vasos sanguíneos, melanina ou por genética. Por isso, essa região fica com a cor alterada, como castanho, marrom e roxo.

O que causa olheiras?

Tipos de olheiras – Veja qual a sua e como cuidar
Fonte: Persona Dermatologia

Especialistas comentam que as olheiras passam a ser presentes na vida de pessoas que dormem mal ou dormem pouco, ingerem bebidas alcoólicas em excesso, comem alimentos com muito açúcar, não praticam atividades físicas ou têm problemas com colágeno, que causa elasticidade na pele. Outras causas da olheiras são:

  • Hereditariedade;
  • Má circulação do sangue;
  • Fumar;
  • Consumo de drogas;
  • Doenças respiratórias;
  • Estresse físico ou emocional;
  • Excesso de sol (falta de filtro solar na área).

Ainda assim, existem pessoas que possuem o globo ocular mais fundo no crânio, criando uma sombra parecida com as zonas escuras embaixo dos olhos. No entanto, isso é muito normal e comum.

Tipos de olheiras

Para saber como tratar os tipos de olheiras, é importante saber identificar cada um desses tipo. Com isso, lembre-se que o dermatologista é a pessoa mais propícia a identificar e passar o tratamento adequado.

Olheiras profundas

Fonte: Acorda Cidade

Esse tipo de olheira costuma ter cor castanha e, ainda, é comum em quem tem pretensões genéticas para isso ou tem o globo ocular mais profundo.

Tipos de olheiras pigmentares

Tipos de olheiras – Veja qual a sua e como cuidar
Fonte: DermaClub

Nesse caso, o excesso de melanina, de sol ou a tendência genética dá uma cor amarronzada à olheira. Sendo assim, pessoas com pele negra ou mais morena, ou as que não têm costume de passar filtro solar na região abaixo dos olhos podem ter esse tipo de olheira.

Olheiras vasculares

As olheiras vasculares possuem um tom voltado para o azulado. Em suma, a retenção de líquidos ou algum problema no sistema circulatório a causam. Então, o estresse e más noites de sono são os principais vilões, além de poder deixar as área embaixo dos olhos inchada.

Sanguíneas

Fonte: Poupafarma

A coloração em tons de roxo dessa olheira significa que existe um acúmulo de vasos sanguíneos no local, como sugere o nome. Somado a isso, tomar pouca água e até rinite alérgica podem piorar o caso.

Mista

Um dos tipos de olheiras mais comuns é a mista, pois vários fatores somados podem fazer com que elas apareçam, principalmente o sono acumulado e álcool em excesso.

Como tratar tipos de olheiras

Tipos de olheiras – Veja qual a sua e como cuidar
Fonte: Freepik

Agora que você já sabe como são os tipos de olheiras, também precisa saber como tratar cada uma delas. Em suma, existem procedimentos estéticos e hábitos de qualidade de vida que, ao seguirmos, naturalmente vão eliminando essas inimigas da beleza.

Primeiramente, as pessoas com olheiras mais superficiais e que facilmente somem, não precisam se preocupar em ir ao médico. Em suma, o que é suficiente é regular e manter o sono em dia. No entanto, alimentação adequada e com pouca ingestão de açúcar, além de ingerir muita água, ajuda.

Ainda assim, é importante lembrar que todas as pessoas devem usar, diariamente o filtro solar facial, pois ele diminui o efeito da produção de melanina em excesso. Com isso, caso haja um evento ou uma saída importante, a maquiagem sempre consegue tampar bem os diferentes tipos de olheiras.

Procedimentos aplicados

Fonte: Revista Saúde

Quando essas zonas escuras embaixo dos olhos incomodam muito no fator estético ou são persistentes, existem procedimentos externos que podem ser feitos por dermatologistas ou especialistas em estética. Em suma, são eles:

Cosméticos para os diferentes tipos de olheiras

Fonte: UOL

Sendo assim, para quem quer um efeito mais duradouro no combate às olheiras, esses procedimentos são os melhores, mas são caros. Ainda assim, produtos cosméticos específicos, como os cremes, também são eficientes se aplicados com constância. Lembre-se de sempre consultar um médico dermatologista antes, pois ele sabe quais os melhores produtos para cada tipo de olheira.

Basicamente, esses cosméticos precisam ser oftalmologicamente testados. Sendo assim, o ideal é que também sejam antioxidantes, com efeito clareador, hidratante e que estimulem a produção de colágeno ou que seja enriquecidos com ele.

Ainda assim, os produtos com ação anti-inflamatória, antibolsas, preenchedora, e iluminadora são uma ajuda a mais para o tratamento. Além de deixar a região mais firme e clara, também vão dar um aspecto mais bonito e saudável.

Tratamentos caseiros

Fonte: Melody FM

Como nem todo mundo pode pagar por produtos e tratamentos caros, alguns truques caseiros também são válidos para tratar as olheiras mais superficiais ou auxiliar os outros tipos de tratamentos já sendo feitos. Veja alguns:

  • Pepino nos olhos;
  • Massagem na região dos olhos;
  • Compressa de água fria;
  • Sachês gelados de chá de camomila;
  • Gazes umedecidas com leite.

Com isso, é importante lembrar que esses procedimentos caseiros não possuem eficácia comprovada, apenas podem auxiliar no combate das olheiras diárias, principalmente as por falta de dormir e as de ressaca.

Fontes: DermaClub, Loja ADCOS, Metrópoles, Minha Vida

Imagens: Freepik, Dr. Vitor Erlacher, Persona Dermatologia, Revista Saúde, UOL, Melody FM, Acorda Cidade, DermaClub, Poupafarma

Artigos Recomendados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *