Ben Affleck relembra ataques “sexistas e racistas” que Jennifer Lopez sofreu da mídia quando namoraram: “Eram tão maldosos”


Ben Affleck relembrou a forma “sexista e racista” como sua ex-namorada, Jennifer Lopez, era tratada durante o tempo que eles namoraram, há quase 20 anos. Em participação no podcast do The Hollywood Reporter, que foi ao ar nesta quinta-feira (14), o ator falou abertamente sobre o término do noivado com JLo, e quanta mídia negativa ela recebeu enquanto estavam juntos: “As pessoas eram tão maldosas sobre ela”.

“Eram sexistas, racistas. Essas m**rdas foram escritas sobre ela de uma forma que, se você escrevesse agora, seria literalmente demitido por dizer o que disse”, criticou ele. “Agora ela é renomada e respeitada pelo trabalho que fez, de onde veio e pelo conquistou, como deveria ser, p****! Eu diria que você tem uma chance melhor, vindo do Bronx, de terminar como a [ministra Sonia] Sotomayor na Suprema Corte, do que ter a carreira de Jennifer Lopez e ser quem ela é hoje aos 51 anos de idade”, defendeu.

Ben ainda comentou que o relacionamento dos dois era alvo constante da imprensa na época. “Você sabe, sempre há uma história do mês, e meu namoro com Jennifer Lopez era aquela história de tabloide na época em que o negócio cresceu exponencialmente”, afirmou.

Continua depois da Publicidade

Ele também ressaltou que suas aparições nos tabloides não eram de propósito: “As pessoas diziam algo como ‘Você estava dando um passeio para os paparazzi!’ Como se, ao sair de casa, eu só estivesse fazendo isso na esperança de ter a sorte de acabar como o sexto item do Daily Mail. É um absurdo!”.

Ben Affleck e Jennifer Lopez namoraram por dois anos. (Foto: Getty)

Affleck e Lopez namoraram em 2002 e chegaram a noivar no mesmo ano. No entanto, o casamento acabou não acontecendo e a dupla se separou em janeiro de 2004. Ele, inclusive, tem mantido boas relações com a artista nos anos desde o término. Em fevereiro de 2020, Ben elogiou sua atuação em “As Golpistas”.

“Ela deveria ter sido nomeada [ao Oscar]. Ela é a verdadeira estrela. Eu mantenho contato periodicamente com Jennifer e tenho muito respeito por ela. Quão incrível é que ela teve seu filme de maior sucesso aos 50? Isso é f*da”, disse em entrevista ao The New York Times.

Artigos Recomendados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *