Armie Hammer recebe alerta da polícia após vazamento de vídeo polêmico do seu Instagram privado; saiba detalhes


Algumas queixas contra Armie Hammer saíram da internet e passaram para o mundo real… Nesta quarta-feira (20), o site Page Six confirmou que o astro de “Me Chame Pelo Seu Nome” teve de prestar contas à polícia de Grand Cayman, por conta de um polêmico vídeo publicado em sua conta privada no Instagram. Recentemente, o ator tem sido alvo de denúncias de canibalismo, estupro e abusos de diversos tipos.

Segundo o Page Six, o astro falou com a polícia na última sexta-feira (15) para tratar do vídeo inapropriado em que uma mulher, chamada de “Miss Cayman”, aparece de quatro na cama, vestindo apenas lingerie. “[A Polícia] recebeu uma acusação de abuso de informações e tecnologias de comunicação, relacionado a um vídeo sugestivo que foi postado nas redes sociais”, disse um comunicado.

Continua depois da Publicidade

A publicação afirma que Hammer apenas foi “alertado” por sua conduta. “Oficiais investigaram o assunto e falaram com o suspeito, que foi alertado por sua conduta, de acordo com o desejo do autor do processo”, acrescentou a nota. O artista não foi levado sob custódia, nem preso. O caso em questão também foi encerrado. Procurados pela reportagem, os representantes do astro não se posicionaram sobre o assunto.

Polêmica após vídeo com “Miss Cayman”

Em um dos vídeos postados por Armie Hammer em seu perfil privado no Instagram, ele faz um tour pelo seu quarto de hotel para mostrar as acomodações aos amigos. No entanto, há uma mulher de quatro na cama, vestindo apenas lingerie. Na legenda, o ator escreveu: “Bom… minha ex (por um ótimo motivo) está se recusando a voltar para os Estados Unidos com os meus filhos. Então eu tive que vir para Cayman… o que é uma droga. Exceto que há algumas partes boas nisso. Tipo f*der a Miss Cayman de novo enquanto estou aqui”. Assista:

Diante da polêmica, o Comitê do concurso de Miss Ilhas Cayman se pronunciou. “O Comitê está muito perturbado com o vídeo e gostaria de confirmar que a mulher não é a atual Miss Ilhas Cayman e não tem nenhuma afiliação com o concurso Miss Universo Ilhas Cayman”, disse em nota.

Continua depois da Publicidade

O papel de Miss Cayman é, em parte, servir de modelo para as jovens mulheres das Ilhas Cayman. A representação da mulher no vídeo vai contra tudo o que nossa organização representa e, consequentemente, o Comitê está solicitando que o Sr. Hammer remova imediatamente todas as referências à Miss Cayman de seus canais de mídia social“, concluiu o Comitê.

Armie Hammer assumiu que o perfil privado era seu. (Foto: Christopher Polk/Getty Images for The Critics’ Choice Awards)

Pouco depois, Armie soltou uma nota com o intuito de desfazer a confusão. “Queria esclarecer que a pessoa no meu vídeo, que foi roubado do meu Instagram privado, não é a Miss Cayman. Eu realmente sinto muito por qualquer confusão que a minha tentativa tosca de humor possa ter causado. Minhas profundas condolências à Miss Cayman, que eu não conheço, e a toda a organização, já que eu não tinha nenhuma intenção de sugerir que ela era a Miss Cayman“, justificou. Com essa fala, porém, Hammer assumiu que aquela conta realmente é sua e todo o conteúdo postado nela também.

Entenda o caso

Nos últimas semanas, uma conta criada no Instagram, @houseofeffie, tem exposto mensagens que supostamente seriam de Armie Hammer. Nos textos, o ator fala de fantasias com canibalismo e estupro. A dona do perfil alega que viveu um relacionamento abusivo com ele, enquanto Hammer era casado com Elizabeth Chambers. Além de prints de mensagens, também há fotos de machucados feitos pelo ator. Outras mulheres que alegam ter envolvimentos abusivos com ele também se pronunciaram.

Na quarta-feira (13), as primeiras repercussões na carreira de Hammer devido à polêmica começaram a acontecer, quando ele decidiu se afastar do filme que gravaria com Jennifer Lopez, “Shotgun Wedding”. As filmagens da aventura romântica seriam iniciadas no final de janeiro. Além disso, um vídeo do artista usando uma substância branca foi divulgado pelo Daily Mail, e mais mensagens perturbadoras foram reveladas.

Continua depois da Publicidade

Em comunicado, o ator se pronunciou pela primeira vez sobre a situação e sobre o filme, apesar de se recusar a responder às acusações. “Não vou responder a essas alegações mentirosas, mas à luz dos ataques online viciosos e espúrios contra mim, não posso, em sã consciência, deixar meus filhos por quatro meses para fazer um filme na República Dominicana. A Lionsgate está me apoiando nisso e eu sou grato a eles por isso”, disse a estrela de Hollywood.

Armie Hammer ao lado da ex-esposa, Elizabeth Chambers, e dos filhos. (Foto: Reprodução/Instagram)

Já nesta quarta-feira (20), a dona do perfil @Milkandhoneyroses foi apontada como uma das mulheres que se relacionaram com o ator. Na conta, a anônima afirmou ter sido estuprada e manipulada pelo artista entre os anos de 2017 e 2019. Ela deu detalhes de como Armie teria ignorado a ausência de consentimento durante uma relação sexual em que ela foi amarrada.

Continua depois da Publicidade

Desde o final do ano passado, Hammer está isolado nas Ilhas Cayman. Uma fonte disse ao The Sun que o ator “não vê seus filhos há dias” e está se comunicando com a ex-esposa, Elizabeth Chambers, por meio de advogados.

“Armie está nas Ilhas Cayman, mas não está com seus pais, ele está escondido em outro lugar”, afirmou o contato. “Pessoas notaram que ele estava em um hotel cinco estrelas de luxo nas férias [de final de ano], mas ninguém sabe se ele ainda está lá. Ele não vê os filhos há dias, e Elizabeth não tem contato com ele, é tudo por meio de advogados”, continuou. Ainda de acordo com o veículo, Armie e Elizabeth estão batalhando pela custódia de seus dois filhos – a pequena Harper, de seis anos, e o filho Ford, de três.

Artigos Recomendados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *