Dustin Diamond, ator de “Uma Galera do Barulho”, morre aos 44 anos; saiba detalhes


Que tristeza! Morreu nesta segunda-feira (1), o ator Dustin Diamond, aos 44 anos, vítima de um câncer de pulmão. O artista, conhecido pelo seu personagem Samuel “Screech” Powers na série “Uma Galera do Barulho (Saved By The Bell)”, estava no estágio quatro da doença, que só foi descoberta três semanas atrás.

Dustin deu entrada no hospital na Flórida sentindo muitas dores por todo o corpo e muito mal-estar. Após fazer exames, os médicos diagnosticaram o carcinoma de células pequenas. Acredita-se que o estado de saúde do ator piorou gradativamente por conta das primeiras sessões de quimioterapia, feitas nas últimas semanas. De acordo com o TMZ, a equipe médica tirou Diamond dos aparelhos de respiração e ofereceu os cuidados paliativos.

“Ele foi diagnosticado com essa forma brutal e implacável de câncer maligno apenas três semanas atrás. Naquela época, a doença conseguiu se espalhar rapidamente por todo o seu sistema; a única misericórdia que ofereceu foi sua execução rápida e brusca. Dustin não sofreu. Ele não precisava ficar submerso em dor. Por isso, somos gratos”, comunicou um dos representantes do ator.

Dustin Diamond ganhou fama nos anos 1990 como Screech de “Uma Galera do Barulho”. Foto: Divulgação

A namorada do ator esteve ao seu lado até o momento em que ele morreu, e reforçou que o amado não sofreu nenhuma dor em entrevista ao TMZ. Além de Screech, Dustin Diamond tem em seu currículo participações nas séries “Good Morning, Miss Bliss”, “The Wonder Years”, “Saved by the Bell: The College Years” e “Saved by the Bell: The New Class”.

Continua depois da Publicidade

A história de Dustin Diamond também teve capítulos controversos, inclusive participações polêmicas nos realities norte-americanos “Celebrity Boxing 2” e “Celebrity Fit Club”, sempre protagonizando brigas. Em 2015, ele foi condenado a quatro meses de prisão por esfaquear um homem dentro de um bar na noite de Natal daquele ano.

No comunicado divulgado para a imprensa, a equipe do artista disse estar ciente de que seu nome não é necessariamente o mais respeitado devido ao seu histórico de incidentes, mas quer que o público entenda que “ele não foi intencionalmente malévolo”. O texto acrescentou que ele passou por muitas turbulências em sua vida, mas sempre foi “um indivíduo bem-humorado, cuja maior paixão era fazer os outros rirem”.

Artigos Recomendados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *