Máscara de cílios barata ou cara? Vem que eu ajudo você a decidir!

Você já deve ter parado para se perguntar alguma vez na vida se vale mais a pena investir numa máscara de cílios barata ou cara. Afinal de contas, será mesmo que as versões de marcas consagradas dão um resultado que vale cada centavo gasto? E o barato, será que não acaba saindo caro no fim das contas?

Máscara de cílios cara ou barata?

Pois hoje estou aqui para ajudar você a descobrir. Infelizmente, não tenho a resposta definitiva porque essa é uma pergunta MUITO relativa! Porém, quero sugerir 5 coisas importantes para ficar de olho antes de escolher seu próximo rímel. Tenho certeza de que, usando minha lista, o índice de acerto vai aumentar!

1) Qual o seu desejo?

Podem inventar máscaras para cílios de tudo quanto é jeito, mas a real é que a entrega desse tipo de produto só pode se encaixar em 3 coisas: curvatura, alongamento e volume. De qual delas você mais precisa? Existem casos em que a promessa é cumprir todas, inclusive. Fique esperta!

2) Como você quer remover?

Sim, a remoção do rímel é algo super importante na hora de escolher! Mais uma vez, existem no mercado 3 tipos de fórmula. A primeira é a lavável, aquela que sai com facilidade na água ou com uma água micelar, por exemplo. A vantagem é que você tira rapidinho, mas tende a ganhar borrões ao chorar ou suar.

Aí temos a tecnologia tubo, ou super filme (nome dado pela Maybelline). Nela, cada cílio é totalmente envolvido, formando uma película protetora. Pra tirar, basta puxar de leve os pelinhos entre os dedos que a maquiagem sai por inteiro. É uma fórmula mais resistente à umidade – porém não infalível.

E, para fechar, temos a fórmula à prova d’água. Com ela, você pode mergulhar, chorar e até enfrentar um calorão que, na maior parte das vezes, fica tudo certo! O problema é que, pra tirar, é necessário usar algum produto oleoso, como demaquilante bifásico ou óleo de limpeza. Há que não curta esse esfrega-esfrega!

3) Como é a textura da máscara?

Não importa se você quer uma máscara de cílios barata ou cara: a textura é algo que varia de uma pra outra! Alguns rímeis são super líquidos e com o passar do tempo engrossam um pouco. Outros ficam assim pra sempre e não dá pra esperar muito volume! Tem aqueles que vêm quase em pasta, do tipo que empelota pra caramba.

Mas, Thais, como saber, se isso não está escrito na embalagem? Pesquise por resenhas sinceras, minha amiga! Aqui no Coisas de Diva, já testamos uma infinidade de produtos. Use a busca que você tem grandes chances de encontrar uma opinião real!

4) Que tipo de aplicador você prefere?

Você pode ficar de olho em tudo o que falei até agora pra ir filtrando sua escolha, contudo, se pegar uma máscara com aplicador inadequado pro seu caso, vai acabar insatisfeita! Preste atenção: quanto mais afastadas forem as cerdas, mais os cílios ficam penteadinhos e alongados. Por outro lado, quanto mais juntas elas forem, mais produto fica acumulado e maior é o volume entregue à cada pelinho. Isso em termos gerais, tá?

Cada rímel tem o seu tipo de escovinha: grande, cônica, fina, de borracha… Aqui, tem um conteúdo antiguinho, mas bem esclarecedor, que eu criei sobre o assunto! Acredito que vai ser um bom norte pra você.

5) Qual o custo/benefício?

Nem sempre o barato é ruim e nem sempre o caro é bom. Por isso, se você ficar num dilema entre duas máscaras para cílios, cada uma com seus pontos positivos e negativos, observe nas resenhas que for ler quanto tempo elas são capazes de durar. Por exemplo (exemplo mesmo, não é regra): uma máscara baratinha pode ser ótima somente após 3 camadas, enquanto a cara já resolve a questão em apenas 1.

Nessa conta, entram ainda mais alguns fatores, mas tenho um post em que essas variáveis estão melhor explicadas aqui.

E, pra fechar…

Saber se uma máscara de cílios barata (ou cara) é a melhor escolha também depende de USAR. Infelizmente, por melhores que sejam as recomendações e os critérios, às vezes um produto simplesmente não funciona como deveria pra gente. Acontece! De todo modo, espero ter ajudado você a eliminar uma boa parte dos quesitos que poderiam trazer arrependimento e são evitáveis.

Em vídeo

Inscreva-se no nosso canal do Youtube! Lá tem 3 vídeos por semana.

Artigos Recomendados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *