Projota, quem é? Biografia, carreira do rapper e prêmios


Certamente você já ouviu alguém cantarolando por aí “e hoje ela só quer paz, ela só quer paz”. Pois é, essa música é do rapper, compositor e ator brasileiro conhecido como Projota, que tem quatro álbuns lançados.

No dia 19 de janeiro de 2021, Projota foi confirmado como um dos participantes do reality show Big Brother Brasil 2021, conhecido como BBB 21, como integrante do grupo do Camarote, no qual famosos também entram em uma das casas mais vigiadas do Brasil junto com pessoas comuns, como na edição de 2020.

Quem é Projota?

Fonte: Portal PopNow

José Tiago Sabino Pereira, o nome verdadeiro do artista Projota, nasceu em São Paulo, no dia 11 de abril de 1986, no bairro Lauzane Paulista, na zona Norte. Sendo assim, aos 34 anos, o rapper tem uma vida cheia de altos e baixos na sua trajetória.

Aos sete anos de idade, ele perdeu a mãe, vítima de um acidente vascular cerebral (AVC) e, então, foi criado pela avó, Dona Lourdes, com outros três netos dela. O rapper sempre comenta o quanto passou dificuldades na infância, ainda mais por ser de família sem muitos recursos.

Ele se inspirou no gosto da mãe pela música e, aos 11 anos, começou a compor e cantar. Então, depois disso, nunca mais parou. Com isso, seu primeiro nome artístico foi “JT”, mas mudou para Projota, pois não era tão comum igual o anterior. Em resumo, Projota é a junção de “pro”, que significa profissionalismo, com “jota”, a inicial de seu nome.

Além disso, é casado com a influenciadora digital Tâmara Contro, com quem teve uma filha, Marieva em fevereiro de 2020.

Projota, quem é? Biografia, carreira do rapper e relacionamentos
Fonte: Plano.news

Carreira de Projota

O artista foi inspirado pelo rapper carioca MV Bill, que influenciou muitos outros aspirantes. Com isso, Projota entrou para o mundo do rap brasileiro aos 16 anos e, ao longo de sua adolescência fez parte de dois grupos pequenos. Ainda assim, formou o grupo O Dom da Rima, junto com seu amigo Rashid, também rapper.

Aos 20 anos, em 2006, Projota participou de sua primeira batalha de MCs. Somado a isso, venceu quatro vezes a Batalha do Santa Cruz, três vezes a Rinha dos MCs e foi para a final da Liga dos MCs, em 2007.

Além de ser duelador, ele também trabalhava com A.G. Soares, um conhecido produtor musical, o qual passou a inseri-lo nesse mundo de gravações de músicas. Então, Projota deu uma entrevista para o documentário Freestyle: Um Estilo de Vida , que conta sobre como são as rimas e batalhas de MCs no Brasil, e foi depois disso que o rapper passou a gravar.

Projota: músicas

Fonte: Vai Ser Rimando

A discografia de Projota conta com quatro álbuns gravados e um ao vivo. Depois do documentário lançado, entre 2006 e 2008, ficou conhecido pelas músicas “O Poeta”, “Ela”, “Avoadão” e “Eu canto”. Hoje, ele tem músicas até com a cantora Anitta.

Em 2008, lançou o clipe de “Acabou”, que rapidamente teve muitas visualizações no YouTube. Desse modo, em 2009, lançou seu primeiro EP: “Carta aos Meus”, que inclusive tem uma faixa dedicada à sua falecida mãe.

Seus álbuns gravados são:

  1. Foco, Força e Fé (2014);
  2. A Milenar Arte de Meter o Louco (2017);
  3. Tributo aos Sonhadores I (2019);
  4. Tempestado Numa Gota D’Água.

Quanto a álbuns ao vivo, Projota tem um intitulado “3Fs”, de 2016. A seguir, relembre ou conheça algumas das músicas mais conhecidas do rapper.

Televisão

Quando o assunto é para assistir, além de escutar, Projota também tem trabalhos nas telinhas. Além da recente confirmação de participação no reality show Big Brother Brasil 2021, ele também participou das séries brasileiras Carcereiros e Ninguém Tá Olhando e o filme Sequestro Relâmpago, neste último interpretando Daniel, entre 2018 e 2019.

Premiações

Projota, quem é? Biografia, carreira do rapper e prêmios
Fonte: Purepeople

Por ser um artista que passou a ter reconhecimento no cenário brasileiro do rap, Projota já ganhou alguns prêmios conhecidos, nacionais e internacionais.

Primeiro, em 2012, ganhou o Prêmio Jovem Brasileiro e o MTV Video Music Brasil na categoria artista revelação.

Em seguida, em 2014, ganhou novamente o Prêmio Jovem Brasileiro como melhor cantor e, também, a Retrospectiva UOL, como melhor álbum de rap nacional, graças a  “Foco, Força e Fé”.

Em 2016, levou o prêmio de música do ano no Meus Prêmios Nick com a canção “Ela Só Quer Paz”, realmente um hit naquele ano e, normalmente, todo mundo sabe cantar.

Enfim, você gostou dessa matéria? Então você também vai gostar dessas outras duas: Karol Conká e  Lucas Penteado

Fontes: GShow, Extra.Globo, eBiografia,

Imagens: The Music Journal Brazil, Plano.news, Portal PopNow, Purepeople, Vai Ser Rimando

Artigos Recomendados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *