Hailey Bieber é processada após lançar linha de skincare; entenda o porquê


Hailey Bieber mal lançou sua linha de cosméticos Rhode e já está sendo processada por uma empresa de roupas com o mesmo nome, de acordo com comunicado publicado nesta segunda (21). A modelo é acusada de violar os direitos da marca registrada há oito anos.

Em nota publicada no Instagram ainda na segunda (21), a companhia disse que Hailey tentou adquirir a marca registrada da dupla de designers Purna Khatau e Phoebe Vickers em 2018, mas elas recusaram a oferta. A estrela seguiu em frente e lançou sua marca com o mesmo nome no dia 15 de junho. “Rhode” é o nome do meio da empresária.

“Nove anos atrás, deixamos nossos empregos e fundamos a Rhode em nosso apartamento, criando uma empresa de moda do nada. Somos duas mulheres empreendedoras que se conheceram na faculdade, construíram a marca Rhode e colocaram anos de trabalho duro em nossa empresa minoritária”, escreveram as designers.

A dupla afirmou que, apesar de ter dado início a uma briga judicial, não gostaria que as coisas fossem resolvidas assim. “Não queríamos entrar com esse processo, mas tivemos que fazer isso para proteger nossos negócios. Admiramos a Hailey. Ela trabalhou duro e ganhou a capacidade de criar sua própria linha de cuidados com a pele. Não queremos processar Hailey; queremos celebrá-la. Como companheiras empreendedoras, desejamos a ela todo o sucesso”, completaram.

287169133 175573008227185 3069196462942233054 N
Purna Khatau e Phoebe Vickers, melhores amigas e sócias na Rhode. (Foto: Reprodução/Instagram)
Continua depois da Publicidade

“Pedimos a ela agora que mude a marca de sua linha de cuidados com a pele. O uso de nossa marca está prejudicando nossa empresa, nossos funcionários, nossos clientes e nossos parceiros”, detalharam. As designers finalizaram o comunicado demonstrando esperança com a situação: “Estamos confiantes no resultado do processo, mas esperamos que Hailey agora entenda o mal que temos certeza que ela nunca quis causar e mude a marca de sua linha de cuidados com a pele. Obrigado a todos por valorizarem nossa visão e nos apoiarem.” Confira a nota na íntegra:

Lisa T. Simpson, consultora de litígios da empresa de roupas, afirmou ao Page Six que Hailey lançou a Rhode apesar de saber dos direitos e classificou como uma circunstância infeliz. Eles ainda alegam que o logotipo das duas marcas são muito parecidos. “Nós, é claro, entendemos que Hailey quer usar seu nome do meio para sua marca, mas a lei sobre isso é clara: você não pode criar esse tipo de confusão de marca só porque quer usar seu nome”, disse Simpson.

Logotipos
Logotipo das marcas. Na esquerda, a de roupas, e na direita, a de Hailey. (Fotos: Divulgação)

A consultora de litígios acrescentou que a modelo está prejudicando uma empresa pequena. “O que a senhora Bieber está fazendo é prejudicar uma empresa de propriedade minoritária que duas mulheres construíram meticulosamente em uma marca global em crescimento”, apontou.

“Ainda somos uma empresa jovem e em crescimento, e não podemos superar uma celebridade com seguidores como Hailey usando o nome de nossa empresa para vender produtos relacionados”, lamentaram as sócias. As proprietárias dizem que já enfrentaram problemas on-line. Segundo elas, as pessoas estão trocando as marcas e as acionando de forma equivocada nas redes sociais, o que elas acham que denota uma confusão do consumidor.

Purna e Phoebe estão pedindo ao juiz para que Hailey pare de usar o nome Rhode para evitar mais conflitos. Até o momento, a empresa da celebridade conta com três produtos de skincare, um hidratante facial, um sérum em gel e um tratamento para os lábios.

Artigos Recomendados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

AllEscort